Senvion opta por uma produção responsável: uma turbina eólica 3.6M140 fornecerá sua fábrica de pás para aerogeradores em Portugal

A mudança climática é uma realidade com grandes participações societárias e económicas. A Senvion trabalha todos os dias com os seus Clientes para lutar contra esse fenómeno, fornecendo energia limpa através de turbinas eólicas. No que diz respeito à sua responsabilidade ambiental, a Senvion decidiu ir mais longe. A empresa produzirá componentes de aerogeradores de forma sustentável com a instalação de um aerogerador de 3,6 megawatts para autoconsumo na sua fábrica de produção RiaBlades em Portugal.

RiaBlades, uma fábrica de pás de tecnologia de ponta

RiaBlades é a maior fábrica da Senvion no mundo. Após os trabalhos de extensão e modernização terminados em 2017, a fábrica ocupa agora uma área de 83.000 m² e é capaz de produzir todos os modelos de pás para turbinas eólicas da Senvion, de 40 metros a 74 metros de comprimento. Os trabalhos de modernização possibilitaram implementar processos de fabrico semi-automáticos, como a sobreposição de camadas de fibra de vidro ou o processo de tratamento da superfície das pás antes da pintura. A produção de pás eficientes não é, no entanto, suficiente para Paulo Silva, Vice-Presidente Sénior de Global Blades da Senvion. "Se queremos que o mundo tenha energia verde, temos que fazer e ser parte da solução, e tornar-nos um exemplo. Por isso, decidimos avançar com produção sustentável e instalar um aerogerador na fábrica de pás em regime de autoconsumo".

Se queremos que o mundo tenha energia verde, temos que fazer e ser parte da solução, e tornar-nos um exemplo. Por isso, decidimos avançar com produção sustentável e instalar um aerogerador na fábrica de pás em regime de autoconsumo
Paulo Silva Vice-Presidente Sénior de Global Blades da Senvion

A fábrica de pás utilizará a energia da sua própria turbina eólica Senvion a partir do outono de 2018

A Senvion será a primeira empresa em Portugal com sua própria geração em autoconsumo com uma energia eólica de grandes dimensões, e a RiaBlades será o primeiro local no grupo Senvion. Depois de considerar diferentes soluções de energia renovável, incluindo painéis solares, a solução recorrendo a uma turbina eólica Senvion 3.6M140 EBC com potência nominal de 3.6 megawatts e um diâmetro de rotor de 140 metros aparece como a mais competitiva. De acordo com as estimativas, a produção da turbina assegurará produção suficiente durante a maior parte do tempo. A construção começará em breve na unidade de Vagos, pertencente à empresa.

Paulo Moreira, Director de Projeto da Senvion Portugal, relata: "As obras da fundação são esperadas em maio e o comissionamento da turbina está previsto para o final de setembro. Tenho orgulho de construir projetos eólicos e ver as turbinas girando e fornecendo eletricidade verde. Desta vez, estou ainda mais entusiasmado porque seremos os primeiros em Portugal com este emblemático projeto de autoconsumo que utiliza energia eólica, ao invés de solar ou outras soluções."

Desta vez, estou ainda mais entusiasmado porque seremos os primeiros em Portugal com este emblemático projeto de autoconsumo que utiliza energia eólica, ao invés de solar ou outras soluções.
Paulo Moreira Director de Projeto da Senvion Portugal

Este projeto de autoconsumo de energia eólica na fábrica de pás da Senvion demonstra como a Senvion é inovadora, não só para suas soluções de energia eólica mas também para seus processos de produção. "Nós tínhamos observado esse movimento há anos, este projeto está perfeitamente em linha com nossa estratégia de crescimento sustentável," conclui Paulo Silva.